Ontem, dia 17 de abril, foi um dia emocionante para mim. Recebi a Medalha do Mérito Comercial de Roraima por intermédio da FECOMÉRCIO. Por gentileza dos diretores daquela Casa fui escolhido unanimemente para receber tal honraria. No jantar de gala foi exibido um video que retratou parte de minha vida, com falas de minha esposa Darci, de minha filha Cristina e de depoimentos de meus filhos. Isso foi muio emocionante.

Fiz um discurso de agradecimento a todos e em especial ao Presidente da entidade Airton Dias e lembrei de uma coisa importante que arrancou apalusos dos muitos presentes: a maior conquista do comércio de Roraima foi a abertura da BR-174 em 1977. Mas de lá para cá, com a exigência natural do Desenvolvimento Regional ela está ultrapassada. Não foi construída para ser efetivamente uma estrada para escoar produção mas sim para atender aos ditames da Segurança Nacional vigente à época. Ela não suporta, hoje, o peso do Desenvolvimento. E aí: ou faz uma nova ou então faz Ferrovia até Manaus e até Georgetown. É um desafio? É. Mas quem não presta para enfrentar desafio não serve para viver. Comprometamo-nos todos com o desafio de dar a Roraima transporte seguro e confiável para seu desenvolvimento. Eu já topei.

PS. Está aberta a discussão.

  1. 18 de April de 2010
    Ronaldo Bezerra

    Mas do que justo a Medalha de Mérito Comercial, ao ilustríssimo Dr. Aimberê de Freitas, e porque não uma ferrovia ligando Manaus a capital Guianense, passando por Boa Vista/RR – Na sua tese de doutorado o Dr. Aimberê explana perfeitamente a viabilidade dessa via.

  2. 18 de April de 2010

    Parabéns Sr Aimberê. Mais um título para sua super coleção.

Comments

Post a comment

You must be logged in to post a comment.