Adam Smith ao escrever a Riqueza das Nações preconizou que a riqueza vem da combinação de três fatores: existência de recursos naturais, conhecimento técnico e capital. Nós todos que amamos Roraima queremos ve-lo rico com seu povo feliz. Um adágio popular diz que “dinheiro não é tudo mas é 100%”. Pois bem, lanço aqui uma idéia para ser apreciada e discutida por brasileiros e não brasileiros mundo afora. Criar uma Universidade Indígena na Maloca da Raposa para poder oferecer aos indígenas a oportunidade de agregar o conhecimento técnico e tecnológico à sua maneira de viver. Com isso teremos, no futuro, engenheiros, médicos,agronômos, veterinários, etc todos oriundos das comunidades indígenas de Roraima e de qualquer estado brasileiro que queira frequentar essa Universidade. Teremos, assim dois dos três fatores já alinhados: recursos naturais e conhecimento. Falta o capital. Bem, este, se o Estado brasileiro quer verdadeiramente melhorar a qualidade de vida dos índios, pode disponibilizar por meio dos Bancos estatais.

Com isso, a médio prazo, Roraima será mais rico e seu povo notadamente os indígenas terá uma melhor qualidade de vida, com melhor saúde, habitação, cultura, educação e tudo o mais.

PS. Convido você leitor do meu Blog a dar sua opinião, manifestar, discutir, enfim contribuir com o debate . O twitter é bom para isso.

  1. 28 de April de 2010

    Peter Druck disse o seguinte “Não existem nações ricas e nações pobres. Existem sim, nações que sabem administrar seus recursos naturais, humanos e tecnológicos e outros que ainda não sabem”.
    São nações, estados, municípios, organizações de todos os tipos que ainda não sabem.

  2. 30 de April de 2010

    A idéia é interessante. Nunca havia pensado nisso, mas um campus avançado da universidade dentro da própria área indígena seria muito interessante. Este ano um macuxi da maloca do Napoleão irá formar em medicina. Estamos avançando!!!

Comments

Post a comment

You must be logged in to post a comment.