É muito pouco debatido no Brasil a remuneração mensal dos políticos honestos brasileiros. Poucos sabem, ou procuram saber, quanto ganha o Presidente da República, o Governador do Estado ou o Prefeito de sua cidade. Quando falo “honestos” falo do ganho estabelecido em Lei.

Não vamos aqui entrar em muitos detalhes, mas o Poder Executivo (Presidente, Governador e Prefeito) ganham menos do que os outros dois poderes (Legislativo e Judiciário). A remuneração do Presidente da República está hoje por volta de R$ 16.000,00. Valor aproximado do Governador de um Estado. O Prefeito ganha bem menos e vai de acordo com a capacidade financeira de cada município. Não é muito se levarmos em conta que um Ministro do STF (que é o teto máximo dos Servidores Públicos) ganha um pouco mais de R$26.000,00 mensais.

Todavia, é bom lembrar, que o Presidente, assim como os Governadores e os Prefeitos tem verba de Manutenção de suas despesas como água, luz, telefone, alimentação, transporte, etc. Ou seja não pagam NADA pela manutenção dele e de sua família. Isso, é claro, aumenta sobre maneira a sua remuneração.

Mas o que poucos sabem é que o Presidente da República, assim como os Governadores de Estados, ao deixarem os cargos, vão para casa, e por toda vida, com a remuneração do cargo. Sem, evidentemente, a manutenção de sua casa, como ocorre quando está na atividade.

Em algumas Prefeituras, como a de Boa Vista – Roraima, a “aposentadoria” dos Prefeitos também existia. Hoje não existe mais. Mas tem alguns ex-Prefeitos que ainda recebem essa “aposentadoria” municipal. De antemão já posso assegurar que não é o meu caso.

P.S.: Na sua opinião:

1- Qual sua opinião quanto aos valores pagos ao Presidente da República e aos Governadores comparativamente aos demais poderes?

2- Você acha  Justo os Ex- Presidentes e Ex-Governadores e alguns Ex- Prefeitos irem para casa com a remuneração que recebiam quando estavam nos cargos em atividade?

  1. 19 de May de 2010
    Milton Nascimento

    Levei 37 anos e meio para me aposentar por tempo de contribuição. Esses cidadãos, pois de 8 anos (caso de reeleição) tem remuneração vitalícia? O aumento dos aposentados é muito discutido, pois argumenta-se que pode quebrar a Previdência.E os gastos governamentais? E o aumento dos deputados e senadores que são aprovados na integra e repidamente? De Gaulle tinha razão: esse país não é sério!

  2. 19 de May de 2010

    Não é justo, uma vez que enquanto agentes politicos eles recebiam para exercer tais funções. Sou contra até das regalias, uma vez que só ele é o detentor de mandato eletivo, sua família não e eles já recebem a remuneração para custeio das suas despesas, sendo desnecessarias tais regalias. E quando saem do poder eles não possuem mais nenhum vinculo com o Estado e por isso acho um absurdo continuarem recebendo a mesma remuneração quando eram agentes politicos.

  3. 19 de May de 2010

    os poderes são iguais e hamônicos entre si.O salário do chefe do executivo deveria ser igual ao dos poderes judiciário e legislativo. em relação às verbas extras, como motorista, casa, creio ser normal em deferimento ao cargo ocupável.
    Entretanto, cessado o cargo, deve o salário , extras, casa, motorista e qualquer tipo de verba, ser retirada. ” A VERBA É PARA O CARGO, NÃO PARA PESSOA.”.DESTA FORMA, CESSADO O CARGO, CESSA O BENEFÍCIO, que será repassado ao novo representante do povo.

  4. 19 de May de 2010

    Bom dia!

    Primeiro deixo claro que uma mobilização à esse respeito deve ser feita, assim como a votação da “ficha limpa”! (Não sabemos até onde vai essa limpeza né?)

    Segundo, concordo com o colega Firmino. As verbas deveriam ser destinadas somente àqueles que estão ocupando o cargo. Não acho justo, quanto menos coerente, ultrapassar tais limites.

    Penso que essa “ajuda de custo” é como muitas coisas no Brasil, super faturadas. Os caras gastam um absurdo.

    Deveriam trabalhar sem o salário. Já basta a quantidade de auxílios recebidos. Queria ver, quem ia brigar com unhas e dentes por um cargo que só recebe “ajuda de custo”! Íamos ter que implorar pra conseguir pessoas para os cargos.

    Abraços à todos!

  5. 19 de May de 2010
    Ronaldo Bezerra

    Ganham muito pouco pelo papel que desempenham na sociedade e na economia. Imaginem vc. terem que ir para a Assembleia deste pais,duas vezes por semana, votar projetos, ementas, reuniões e outros mais, uma chatice ter que ouvir lideres dos partidos, reclamações de tudo quanto é lado, a midia cobrando, tudo isso e muito mais.
    Quanto o salário sem contar com verba de gabinete, auxilio moradia, palitó, para receber um mísero salário R$ 100,000 reais por mês, e mais comissões. Eu não quero esse emprego desse de hipótese nenhuma, e tem mais, ainda e de vez por outra acusado de ladrão, de corrupto e outras mazelas que está encravado na política e nos políticos do nosso Brasil.
    Eu, não prefiro ser PROFESSOR, não é Milton NascimentO? Agora plagio o jornalista Boris Casoy “ISSO É UMA VERGONHA”. Cada povo tem o governo e seus representantes que merecem, não os culpos, nós é que colocamos essas figuras lá…portanto maior culpa temos nós. E o povo…tadinho do povo.

  6. 19 de May de 2010

    1- Qual sua opinião quanto aos valores pagos ao Presidente da República e aos Governadores comparativamente aos demais poderes?

    Todos deveriam receber valores iguais, 1 salário minimo, já que a maioria defende que um cidadão comum sobrevive com tal valor. “rapidinho iriam aumentar o teto do minimo e sem dúvida seria aprovado por unanimidade”

    2- Você acha Justo os Ex- Presidentes e Ex-Governadores e alguns Ex- Prefeitos irem para casa com a remuneração que recebiam quando estavam nos cargos em atividade?

    Não concordo, o ideal seria serem obrigados a passarem por um teste: procurarem um EMPREGO onde recebessem 1 salário minimo, queria ver se os discursos sobre o “social” seriam os mesmos!! afinal é muito fácil discutir problemas sociais andando de Hilux, morando em Mansões, recebendo um bom salário….
    Um exemplo é o nosso presidente, nunca votei, nem tenho interesse em votar nele, mas respeitava seu pensamento antes de ser presidente (viva a Democracia), seus conceitos mudaram, talvez seria diferente se ele recebesse R$ 510,00!!

    Em minha defesa: para quem acha que isso (eles receberem 1 salário minimo)incentivaria a corrupção respondo que: a corrupção seria evitada se quem cometesse fosse para a cadeia assim como vai um ladrão de galinha (igualdade).
    Para quem acha que devemos receber de acordo com a função, cargo exercido, representatividade blá blá blá (tudo construção social), informo que sou suspeito a debater sobre o assunto “justiça”, afinal justo seria receber mais quem trabalha mais, o lixeiro sim deveria receber R$ 16.000,00. sarcasmo? acho que não. Qual a ironia? esse sim é um trabalhador de verdade que merece receber de acordo com sua força de trabalho, já que o principio é esse então isso é que é justo!

    Formação, capacitação, preparação, concurso público, indicação, até “gafanhotos” tudo é construido socialmente… TUDO PRODUTIVISMO.

  7. 12 de February de 2011

    My son is my son till he gets him a wife but my daughter’s my daughter all the days of her life.

Comments

Post a comment

You must be logged in to post a comment.