Lula está terminando seu mandado de 8 anos na Presidência da República. Está com índices de popularidade nacional lá em cima. Em Roraima, no entanto, ele deixou muito a desejar. Não há um único programa de grande vulto no estado que tenha sido iniciado e concluído por Lula. A BR-174 continua continua cheia de buracos, como sempre esteve. A integração real com a Venezuela e com a Guiana permanece na promessa. Lembrando que a Guiana não é apenas Lethem e a Venezuela não é apenas Santa Elena. A Zona de Processamento de Exportação está só no papel. As Áreas de Livre Comércio de Boa Vista e de Bonfim parece que foi só para “inglês ver” ou como uma espécie de compensação.

E ao contrário: está muito difícil exportar madeira de Roraima, foi proibido plantar cana no lavrado de Roraima, estão articulando a criação de um Parque Nacional do Lavrado aqui na região da Serra da Lua, o garimpo está proibido, a Lei que trata da exploração de minérios em área indígena prevista na Constituição, não saiu e quase acabou a produção de arroz. E por aí vai.

E observem o seguinte: Roraima foi governado, durante o governo Lula, pelo Dr. Flamarion Portela, que foi eleito por um partido e depois passou para o PT (não era oriundo do PT) e por Otomar e Anchieta que são de oposição (PSDB). Será que foi isso que fez com que o governo do PT ignorasse Roraima?

As duas únicas vezes que Lula veio a Roraima não teve contato com o povo. Logo ele que é tão popular!!! Veio correndo e saiu mais rápido ainda. O que terá sido isso? Medo? Vergonha? Dor na consciência ou o tamanho do eleitorado?

Pessoalmente até sou simpático ao Lula. Fui do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social da Presidência da República por quatro anos. Mas lá jamais fui recebido isoladamente por Lula e o que falei no plenário daquele Conselho nunca foi motivo que exame por parte do governo. Tudo leva a crer que Lula não gosta de Roraima e o que se vê nas de Boa Vista é que o povo de Roraima também não gosta de Lula.

Até a candidata dele, Dilma, quando como ministra veio a Roraima não sabia nem aonde estava pisando pois se dirigiu ao povo de Roraima como “povo de Rondônia”. Como aliás é praxe (e o máximo de ignorância nacional) confundir Roraima com Rondonia.

P.S.: Será que o povo vai lembrar disso nas eleições?

  1. 11 de July de 2010
    J. R. Rodrigues

    Não precisa dizer mas nada, por anos tb fui um modesto crítico dessa postura do governo federal, mas não culpo somente o presid muito menos apenas o senador Romero Jucá, na verdade todos os parlamentares federais que se RENDEM ao canto da sereia são os culpados pelo tratamento injusto e desonesto que os governos federais tiveram para com Roraima e ai não se inclui apenas Lula, mas tb seus antecessores.

  2. 11 de July de 2010
    Ronaldo Bezerra

    Tudo que vc. comentou é a pura verdade, mas a maior culpa, ou quem tem culpa maior, são os nossos representantes do Estado e, do Povo Roraimense lá na Câmara Federal, que sabe do poder que tem nas mãos o seu voto, e no plenário sua voz, mas se sujeitam em beneficio próprio a apoiar projetos e emendas parlamentares, a trôco do sofrimento do população. E, como foi falei em outra oportunidade nosso eleitorado, representa um bairro pequeno de uma grande capital.
    Só temos uma solução, temos que trazer o “POLVO”, só ele poderá dar uma alternativa melhor.

  3. 14 de July de 2010
    Milton Nascimento

    Meu caro professor, sua observação é clara e evidente.Lula nunca morreu de amores por Roraima.Na época da confusão da SRS, ele disse que tinha um carinho todo especial por Roraima. Essas suas colocações mostra que tipo de carinho ele tem pelo Estado. Mas a explicação é simples: Roraima tem apenas 270.000 eleitores o que não “inflói” nem “contribói” para a intenção de perpetualizar a regência do PT na direçao do país. Infelizmente, temos representantes que dizem amém a tudo (è vantojoso para eles). De fato, houve uma outra época que ele esteve aqui. Foi qdo era canditado e disputava com FHC. Havia então, um grande incendio nas nossas matas. Se o professor puxar pela memória, lembrará que ele, grotescamente, empunhava um ramo de árvore que algum “puxa-saco” deu a ele, com o qual encenava sua participação na tarefa de apagar o incendio.Foi sua primeira grotesca e estapafúrdia presença em R. Porém, foi igual as que se seguiram, do jeito que veio, foi. Isso de dizer que com Lula o Brasil cresceu é pura ilusão. Um crescimento economico não se faz em 6,7 ou 8 anos, sem ter uma base firme, construida previamente. Ele foi sim, sortudo, pois pegou o “bife amaciado”. Dilma nunca virá aaqui, pois aqui é Roraima e não Rondonia. Um grande abraço meu mestre.

Comments

Post a comment

You must be logged in to post a comment.