Índios querem Estado independente em Roraima, diz Abin

Como matéria de Mateus Leitão e Leonardo Souza, o jornal Folha de São Paulo de ontem revelou essa preocupação da Agencia Brasileira de Inteligência – ABIN de que os índios de Roraima querem um estado independente. Vejamos a matéria:

“Um relatório da Abin (Agência Brasileira de Inteligência) revela preocupação com a criação de um Estado indígena independente em Roraima, “com apoio de governos estrangeiros e ONGs”.

O documento, ao qual a Folha teve acesso, foi enviado pelo serviço secreto para o GSI (Gabinete de Segurança Institucional) da Presidência em 2010. O texto diz que índios do Estado teriam o desejo de “autonomia política, administrativa e judiciária”.

Em nota, o GSI afirmou que “não se pronuncia sobre atividades de inteligência”.

O relatório diz que o CIR (Conselho Indígena de Roraima) “passou a defender abertamente a ampliação e demarcação de outras terras indígenas” após o julgamento da reserva Raposa/Serra do Sol pelo STF em 2008.

A preocupação da Abin é que o CIR forme “um cinturão de reservas indígenas”. Segundo a Funai, as 32 terras indígenas de Roraima ocupam 46% da área do Estado.

MILÍCIAS ARMADAS

Apesar das rivalidades entre as nove etnias indígenas de Roraimna –que dificultam a criação de um Estado independente– a Abin acredita na existência de milícias armadas. “Revólveres e espingardas foram encontrados e teriam sido contrabandeadas da Venezuela e da Guiana.”

A Abin diz ainda que a advogada licenciada do CIR, Joênia Batista de Carvalho, confidenciou um desejo dos índios junto ao Congresso: a transformação da Raposa/ Serra do Sol no primeiro território autônomo indígena.

A advogada nega e diz que “é absurda a intenção da Abin em procurar o afastamento geral da sociedade contra os índios”.

A agência também se mostra preocupada com a ratificação do Brasil à Declaração dos Direitos dos Povos Indígenas, assinada em 2007 na ONU. Para a Abin, se confirmado pelo Congresso, torna ineficaz “as restrições elaboradas pelo STF ao usufruto da terra pelos índios”.

As ressalvas impostas pela corte são o marco constitucional para terras indígenas e em futuras demarcações. Elas dão usufruto das terras para os índios, mas as mantêm sob as rédeas da União.

“Nós já fizemos a nossa parte. Que o governo seja digno ao fazer a parte dele”, afirma o ministro Ayres Britto, relator do processo.

OUTRO LADO

Por e-mail, o CIR informou que “nunca propugnou a criação de uma nação independente” e “sempre atuou no sentido de promover a cidadania plena dos povos indígenas como membros do Estado brasileiro”, ajudando “na inclusão de nossos povos como determina a Constituição Federal”.

P.S.: E agora, qual é sua opinião sobre este fato?

Voce acha que isso é uma invenção da ABIN? Ou será que isso tem fundamentos reais. E se tiver, você é contra ou a favor de um Estado Independente Indígena?

  1. 27 de July de 2010
    Milton Nascimento

    Meu amigo, esse filme começou a ser rodado tempos atrás. O governo não quis ouvir ninguém e o todo poderoso presidente (já em campanha na época)na sua peculiar sapiência, achou que arreganhando as nossas fronteiras, permitindo que obscuras e mal intencionadas ONG’s aqui se infiltrassem e dando a quem ele achava que era César, acaba arrumando um remendo abacaxi para o governo,TSJ, Congresso e população em geral.
    Que essa homologação ia dar problema a curto prazo, todos sabiam, menos o nosso presidente.A criação de um estado dentro do estado acaba criando um movimento separatista, racista e exclusivista. pelo visto, só falta criar pedágios para andarmos pelo nosso estado e, pelo visto,isso náo demorará a acontecer. Existem mais pessoas que também são da opinião de que se deve criar um estado indigena no Brasil. O governo atual é autoritário na sua sede de poder: na sua campanha para colocar um prato de comida na mesa de cada brasileiro, ele acba com uma plantação que colhia 150 mil toneladas de arroz. Ainda bem que ele diz que tem um carinho especial por Roraima; imaginem se não tivesse!! As eleiçoes estão aí, nós já mostramos outras vezes que sabemos votar para presidente. Pena que outros estados, não!!! Até mais ver, cara pálida.

Comments

Post a comment

You must be logged in to post a comment.