Transporte Aéreo em Roraima: cresce o número de passageiros

O primeiro avião comercial que pousou em Boa Vista o fez em 1946. Uma vez por semana, um avião DC-3 dos Serviços Aéreos Cruzeiro do Sul descia em Boa Vista com alguns poucos passageiros uns cinco no máximo dez. A pista de pouso era onde hoje está a Avenida Glaycon de Paiva e a Estação de passageiros onde hoje está a Loja Maçônica Liberdade e Progresso.

Os tempos passaram a Cruzeiro do Sul faliu e foi substituída pela VARIG. Por algum, tempo recebemos vôos da Transbrasil. Ambas faliram. Tivemos a TABA de Belém do Pará e até da Guayana Airways. Nenhuma resistiu.

Nos últimos tempos temos tido as atuais TAM e GOL e mais a META eminentemente roraimense.

Todavia, o movimento de passageiros no Aeroporto Internacional Atlas Brasil Catanhede só tem aumentado.

De acordo com estatísticas da Infraero o movimento de passageiros, de carga e de mala postal foi:

Ano Aeronaves Passageiros Carga Kg Mala Postal Kg
2003 6.247 87.711 792.854 436.972
2008 9.142 205.180 1.034.425 402.097
2009 11.133 190.459 931.248 371.414
2010 13.242 242.409 1.072.851 384.101

Trata-se de um aeroporto internacional, mas os números apresentados referentes a este seguimento é muito fraco. Vejamos:

2003 – 448 passageiros

2008 – 782         “

2009 – 921        “

2010 – 885        “

Em termos comparativos, o movimento de passageiros no Aeroporto de Boa Vista só é maior, por exemplo, que o de João Pessoa entre as capitais dos estados.

Em movimento de passageiros, os cinco maiores aeroportos do Brasil são, pela Ordem: Guarulhos em São Paulo com 250.492 passageiros em 2010

Congonhas em São Paulo com 204.961 passageiros em 2010

Brasília, no DF com 176.327 passageiros em 2010

Santos Dumont, no Rio com 126.515 passageiros em 2010 e

Galeão, no Rio, com 122.943 passageiros em 2010

Por região, e considerando apenas o movimento de passageiros os maiores aeroportos são:

Região Centro – Oeste – BRASÏLIA

Região Nordeste – SALVADOR

Região Norte – MANAUS

Região Sul – PORTO ALEGRE

Região Sudeste – GUARULHOS

  1. 22 de January de 2011

    Interessante Sr Aimbere. Eu creio que esse numero só venha a aumentar durante os anos. Roraima, VISITE enquanto ela é nossa “Do Brasil” rsrs

  2. 22 de January de 2011

    olá doutor, é um prazer poder falar no seu blog.acredito q o movimento de passageiros no aeroporto internacional de boa vista poderia ser bem maior se o preço das passagens fosse mais barato, isso nao acontece aqui porque, como sabemos, só existe 2 empresas operando no estado e elas (de modo combinado é claro)praticam o preço que lhes convém.a nós meros e põe meros nisso cabe apenas pagar o valor que elas cobram.como economista entendo q uma maneira de as passagens baixarem seria o aumento da concorrencia, quando isso acontece, e nao ha cartel, os precos acabam baixando. um abraço querido mestre!

    • 22 de January de 2011

      Gostei da dialética. Economista dos bons fala assim. Tens total razão no que colocas. Concorrência é fundamental. Agora no transporte é necessário outros modais que possibilite alternativas ao usuário.
      Um abraço e sucesso na profissão.
      Aimberê Freitas

  3. 23 de January de 2011
    Teresa Surita

    Interessante seu levantamento, porém vivemos diariamente o drama da precariedade do bom atendimento das companhias aéreas, como encontrar o caminho e solucionar esse grave problema?

    • 23 de January de 2011

      Creio que as compnahias aéreas nos tratam péssimamente, porque as tratamos muito bem demais. Veja, oferecemos a elas um aeroporto de boa qualidade, passageiros pacientes e educados. Nunca ninguém reclamou tanto dessas empresas que eu. A ANAC não funciona. Veja bem, vá hoje à noite na hora do voo e vá à sala da ANAC tentar falar qualquer coisa. Asseguro com 100% de acerto que está fechada mas com as luzes acessas, dando a impressão que tem gente. A Ouvidoria da Infraero é fraca e autoproteje a ela mesma e às companhias aéreas. Se eu fosse um representante federal de Roraima eu iria incomodar muito a essa gente. Faça isso. Você tem competência e conhecimento.
      Obrigado pelo comentário
      Sucesso para ti.
      Aimberê Freitas

Comments

Post a comment

You must be logged in to post a comment.