A Eletrobrás Amazonas Energia realizou, nesta quinta-feira (2), o fechamento da última comporta da Usina Hidrelétrica de Balbina (UHE) que estava aberta desde o último dia 9 de maio de 2011. A previsão inicial era de que o vertedouro permaneceria aberto durante 60 dias. Com o fechamento ocorrido ontem, o prazo passou a ser de 24 dias. De acordo com o gerente do Departamento de Geração de Balbina – DTB, Milton Pereira de Menezes, há pelo menos duas semanas o índice de chuvas na região está estabilizado e o nível do reservatório segue uma média de 50,73 metros. “Com esse nível estabilizado, decidimos fechar as comportas porque não havia mais a necessidade de vertimento de água”, disse o gerente. Desde que as comportas foram abertas no último dia 9 de maio deste ano, o nível do rio Uatumã atingiu alguns locais, mas não chegou a inundar nenhuma residência do Ramal da Morena, localizado à jusante (após a barreira da hidrelétrica). A empresa informou que continuará monitorando o nível do reservatório e caso haja a necessidade de abrir novamente os vertedouros, todas as áreas com a possibilidade de serem atingidas serão novamente avisadas com antecedência. “Se houver a necessidade de abertura das comportas, todo o Plano de Contingenciamento da Eletrobras Amazonas Energia será novamente acionado”, reforçou. A capacidade UHE Balbina é de 250 MW de capacidade de geração de energia. Acritica.com MOMENTÁRIO MEU: O problema desse fechamento está a montante quando pode afetar a BR-174 na altura de reserva indígena Waimiri Atroari

Comments

Post a comment

You must be logged in to post a comment.