Transparência, Seriedade e Competência

by

Transparência, seriedade e competência é o lema de minha campanha política ao Senado. Mas não escolhi essa trilogia por acaso.É que esse é o lema de minha vida. Sempre fui um defensor da transparência total especialmente quando se trata de uso de dinheiro público. Todos precisam entender uma coisa bem simples: dinheiro público não é dinheiro privado. E sempre há lugar para mais transparência. Ela sempre estará faltando e, por isso, luto por mais transparência.

A seriedade com a coisa pública não é só um apelo ético mas também de responsabilidade. Afinal quando voce está numa função pública, seu verdadeiro patrão é o povo especialmente o pagador de impostos. Pois é de imposto que o governo vive. E esse alguém que paga imposto merece muito respeito e mais ainda seriedade com o que se faz com o dinheiro arrecadado de todos os pagadores. Não se pode empregar mal o dinheiro público.

Mas a seriedade está umbilicalmente ligada à Compet&encia. Não se trata de competência pessoal apenas. Ela é importante também, mas competência no sentido de aplicar dinheiro público dentro de projetos que sejam justificados pela necessidade do povo. Governo sem povo não existe. Daí a minha defesa pelo Planejamento Participativo. Os planos e projetos governamentais deveriam ser feitos ouvindo diretamente o povo. Mas sem privilégios ou direcionamentos. É o povo quem deve decidir sobre investimentos em escola, hospitais, estradas,etc. E não me refiro à Assembléia Legislativa, mas o povo mesmo utilizando-se dos mecanismos de Democracia Participativa.

Quando eleito vou levar essa filosofia para o Senado e exigir que o Congresso Nacional assim como os demais poderes da República, cada qual em sua espera, sejam transparentes, sérios e competentes cada vez mais.

P.S.: Qual sua opinião sobre ser transparente, sério e competente? Isso vale também para a iniciativa privada, mas no caso aqui trata-se de ação na Administração Pública. O que você pensa disso?