As Vuvuzelas e a Política de Roraima

by

As vuvuzelas  da Copa do Mundo de Futebal na África irritam qualquer um pelo seu barulho desnecessário. E mais, se o barulho das vuvuzelas ganhassem jogo, a África do Sul teria se classificado. Fazendo um parâmetro com a política local, vamos entrar, depois da Copa, na campanha eleitoral para escolher nossos representantes de 2010. Muito barulho vai aparecer na campanha, muita mentira que de tanto vuvuzelar vai querer se tornar verdade. Cuidado com o barulho na sua TV, no seu rádio, na sua rua. Não se deixe entorpecer pelo que os vuvuzeleiros dirão.

Campanha eleitoral é assunto SÉRIO. Não é jogo. É escolha da nossa representação democrática. É a nossa vontade que vai para Brasília levando o que sonhamos e o que queremos para o presente e para o futuro, principalmente para o futuro.

Brigas, xingamentos, palavrões não constroem nada. Só destroem. Prestem atenção na vida pregressa do candidato, na sua postura se é ou não confiável e no que ele(a) se propõe a fazer ou defender. Não importa de que lado ele(a) esteja, desde que esteja do seu lado, do seu pensamento, dos seus anseios e aspirações. Não se intimide, nem vote por paixão. Vote com a razão.